Os posts mais recentes

  • Dos muitos matizes
    on 23 de novembro de 2021

    Desfalece o dia em matizes de azulou será a noite que aos poucos se acende?A quem pertence tamanha intensidade?Morte e vida, início e fim,tudo em mim às vezes se confundee me acalma uma espécie de tristezaque se ampara no que lá fora sinalizamundo e Deus entrelaçados,mistério inexplicável de tão simples,jugo leve de quem esperana fé…

  • Dos dias e das noites
    on 8 de setembro de 2021

    “Eu senti hoje essa transcendência através da natureza. A natureza me alimentou, me equilibrou quase de uma forma panteística. Mas com o tempo, numa outra crise, já isto não adiantou e foi o ‘vazio pleno’, a noite, o silêncio dela que se tornou a minha moradia. Através deste ‘vazio pleno’ me veio a consciência da…

  • Da oração
    on 25 de junho de 2021

    Ele pede silêncio e velas.Uma intimidade à meia-luz, noturna,que pode nos levar às lágrimas,só de Lhe pensarmos os Mistérios. Nessa vigília, a brisa nem chega a mover a chama,que se ergue atenta, como se esperasse…

  • O sentido da Política
    on 4 de novembro de 2021

    Postado por Augusto de Franco no Facebook: SÓ A COMUNIDADE POLÍTICA PODE VER UMA COISA POR TODOS OS LADOS Hannah Arendt (1950) em O Sentido da Política (capítulo I, fragmento 3b) descobre traços de uma…